sexta-feira, 23 de outubro de 2015

CDL Barra Mansa lança campanha contra a volta da CPMF

0 comentários



Eu recebi um email da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Barra Mansa, no qual contia link para informativo da instituição.
Nessa mesma mensagem, uma forte campanha contra a volta da CPMF. 
Como esse blog é um ferrenho defensor da luta contra essa safadeza, nós gostaríamos de apoiar a campanha.
Seguem abaixo o link da campanha, bem como o da CDL. Basta clicar em "assine aqui" e assinar o abaixo assinado contra a volta do imposto do cheque. 
Lembre-se que isso é um dever moral de todo brasileiro de verdade!


http://diganaoacpmf.com.br/

http://www.cdlbm.com.br/v1/images/revistaolojista/20151016172759.pdf
Continuar lendo...

segunda-feira, 12 de outubro de 2015

Escravizados pelo carro.

0 comentários

"A injustiça num lugar qualquer é uma ameaça à justiça em todo o lugar." Martin Luther King




Continuar lendo...

terça-feira, 6 de outubro de 2015

Volta Redonda (RJ) promove feira de integração social

0 comentários



De 07 a 09 de outubro a Prefeitura de Volta Redonda através da Secretaria de Ação Comunitária, e do Centro de Inclusão Produtiva estará realizando a feira de integração Social.

Com o propósito de divulgar os trabalhos de artesãos do município, a fim de que eles tenham a oportunidade de comercializar os seus produtos, o evento será realizado na Praça Sávio Gama das 08h às 17h.

Segundo Rosane Marques, diretora do Departamento de Proteção Básica da Secretaria de Ação Comunitária, o evento terá desde produtos alimentícios como bolos, tortas e salgados até artes em MDF, bordado tricô e peças íntimas.


Para maiores informações: 


http://www.portalvr.com/9-noticia-destaque/1486-smac-promove-feira-da-integracao-social-em-volta-redonda

24 3339-9570

     

Continuar lendo...

sábado, 3 de outubro de 2015

CPMF - A volta dos mortos vivos e o acinte à sociedade.

6 comentários

Fonte: Estadão.

"Nós temos um sistema que cobra cada vez mais impostos de quem trabalha e subsidia cada vez mais quem não trabalha." Milton Friedman (1912-2006)



Nada é tão ruim que não se possa piorar. Esse era o slogan de campanha política do então candidato a deputado federal (e hoje infelizmente reeleito) Tiririca.

Essa máxima não só é ingênua como é falsa, e consequentemente nociva. Principalmente quando se é dentro do contexto em questão.

Sim, ainda que pareça o fundo do poço, pode haver a piora.

Um tema que tem sido bastante falado atualmente é a intenção do governo federal em ressuscitar a CPMF. Para quem não sabe (ou não se lembra), a CPMF foi criada por Fernando Henrique Cardoso como um imposto provisório, tanto que o nome significa: Contribuição Provisória sobre Movimentações financeiras. 

Com o apoio político do PMDB, através de um acordo de interesses escusos e nefastos que só é interessante ao eixo do mal que predomina na atual política nacional, Dilma Rousseff  milita para que o antigo imposto seja ressuscitado através de benesses aos parasitas da base aliada, do PMDB.

Está com fome? Em alimentos, nós pagamos 17% de imposto no arroz e no feijão, 32% no açúcar, 26% no óleo de cozinha, 38% no fermento, 25% no fubá, 33% no iogurte.


Tens sede e quer beber algo? O imposto sobre a cervejinha que o brasileiro tanto gosta está em torno de 55,6% e em bebidas essenciais como a água mineral, 44,55%.
Quer entretenimento? O famoso Playstation 4, aqui no Brasil, 72% do valor do aparelho, é imposto.

O brasileiro trabalha em um ano, o período de 5 meses só para pagar impostos, só para manter impostos. 

Não obstante disso, eles querem mais impostos. Engraçado, não é o PT quem usurpou a bandeira da defesa dos mais pobres? Santa mentira!

É lamentável que nós paguemos pela má gestão e a corrupção desenfreada que assola o país.

Segundo a mentalidade de Dilma Roussef, a solução é agradar aos aliados e mandar à conta de sua gestão corrupta e incompetente nas costas do povo, afinal, a corda arrebenta para o lado mais fraco, não?

Por que ela não corta os grandes repasses às entidades inúteis e criminosas como o MST? Por que o envio de milhões a ditaduras como, por exemplo, Cuba, país ao qual enviamos milhões e o gigante gasto com estádios durante a copa do mundo enquanto brasileiros morrem em filas de hospitais?

Por que ela não diminui o número de ministérios (na maioria são inúteis, cabides de emprego)? Por que não cortarmos as regalias (que não são poucas) e acabarmos com os aumentos escandalosos de salários de políticos, enquanto o pai de família tem de se contentar com um salário mínimo? 
Enfim, é lamentável que um governo só veja a solução pela via política, agradando aos amiguinhos do reino e extorquindo nós, os súditos.

E finalizando esse desabafo, vocês sabem o porquê do título do texto? Trata-se simplesmente do governo que quer tirar do túmulo algo que para o povo não só deve estar como está morto, porém no coração deles (governantes), está mais vivo do que nunca!

Tudo para que o reino de da incompetência e da corrupção se perpetue, e nós não iremos pagar o pato!



Brasil: Ou você dá o seu dinheiro para o Estado ou morre




Rachel Sheherazade fala da volta da CPMF e aumento de impostos por decreto





Ratinho manda Dilma tomar ‘vergonha na cara’ ao falar sobre proposta de volta da CPMF.
                       


Continuar lendo...

São Paulo divulga calendário do IPVA 2016

0 comentários



Conforme o decreto nº 61, 520 de 29 de setembro de 2015 (publicado no Diário Oficial Estadual), já está disponível aos proprietários de veículos do Estado de São Paulo, o calendário para pagamento do IPVA referente ao ano de 2016.


Decreto publicado no Diário Oficial do Estado de São Paulo



Terão descontos de 3% (três por cento) os proprietários que pagarem o imposto integralmente, ou seja, em uma única parcela. Para isso, o pagamento deverá ser realizado até o dia 11 de janeiro de 2016.

Para a opção de pagamento parcelado (somente para, vans, ônibus, micro-ônibus, motos e similares), as parcelas deverão ser pagas nos meses de janeiro, fevereiro e março.

Lembrando que o pagamento do seguro DPVAT (seguro obrigatório) deve ser realizado de forma integral junto com a primeira parcela do IPVA ou juntamente com a cota única. 

Segue abaixo tabela do calendário:



Continuar lendo...

terça-feira, 1 de setembro de 2015

PSOL - Socialismo e liberdade? Só que não...

1 comentários

"Assim como uma gota de veneno compromete um balde inteiro, também a mentira, por menor que seja, estraga toda a nossa vida." Mahatma Gandhi




Não é de hoje que a famigerada propaganda eleitoral gratuita, que é exibida em rede nacional enche o nosso saco. Eu particularmente o defino como aquilo que por ser essencialmente ruim, tem que ser obrigatório. E aqui vai uma sugestão, que se mude o nome para imposto, pois é algo veiculado através da coerção, pois em nada edifica, acrescenta, agrada ou produz. É mais do mesmo, mais da encenação maquiavélica barata sob uma capa, um pedantismo disfarçado de conhecimento e moralidade.


Não obstante as nonsenses, as bobagens, enfim, hoje eu pude contemplar aquilo que testifica a relação intrínseca entre a burrice e a maldade. Já disse o professor e filósofo Olavo de Carvalho, e cantava o já falecido cantor e poeta Renato Russo respectivamente: “Mentira e burrice nunca foram termos antagônicos", e: “A ignorância é a vizinha da maldade”. O quão sábio e pertinente foi a fala desses dois homens.

E dessa vez, quem protagoniza o ridículo, são os palhaços, idiotas úteis do PSOL.

A incoerência que é o nome e lema do partido: “Partido do socialismo e liberdade”.


Socialismo e liberdade, simplesmente uma bandeira utópica e/ou romântica, ou um engodo maligno? Vejamos...

Para destrincharmos o assunto, a pergunta que não quer (e não pode) se calar é: Quando que em algum lugar do mundo, esse regime conseguiu manter um Estado democrático de direito e não uma ditadura, a destruição das liberdades individuais, a miséria do povo e a riqueza de uma elite de “amiguinhos do rei”?

O que o PSOL (e os demais da extrema esquerda) faz é disseminar a confusão entre o que o socialismo promete, e o que ele realmente produz. Na propaganda em questão, o deputado Chico Alencar (PSOL-RJ) fala em socialismo, como se o regime fosse o “país das maravilhas”. Mas a História nos prova que isso não passa de uma mentira, de um engodo.  O que Chico Alencar e a corja de seu partido omitem é que...

...o socialismo foi responsável por mais mortes do que o nazismo, resultando em mais de cem mil mortos pelo regime;

...aonde o socialismo foi implantado, ele gerou ditaduras sanguinárias, cerceamento das liberdades individuais (religiosas políticas, filosóficas, etc...), inversão de valores, miséria extrema, morte de inocentes, retrocesso etc;

...o socialismo prega que a religião (bem como as suas tradições princípios, tão importantes e que norteiam a humanidade) deve ser extinta e substituída pelo governo, a fim de que esse ocupe o lugar da crença em Deus;

...o nazismo de Hitler, ou melhor, o seu real significado: o NACIONAL SOCIALISMO, esse durante o início da segunda guerra foi armado pela extinta União Soviética;

...ainda sobre o NACIONAL SOCIALISMO (nazismo), mais precisamente falando na questão dos campos de concentração, trabalhos forçados e extermínios em massa, essa prática macabra começou pelos socialistas? As Gulgs’s, campos de concentração socialistas que existiam já antes do nazismo e que duram até hoje como, por exemplo, na Coréia do Norte;

...o fascismo de Mussolini tinha características idênticas ao socialismo, e que Mussolini em sua juventude militava no partido socialista;

...o socialismo é tão bom que a União Soviética faliu, Cuba é um retrocesso aonde cidadãos  preferem correr o risco de serem devorados por tubarões, fugindo da ilha em balsas improvisadas, a Coréia do Norte vive numa miséria extrema enquanto o ditador kim jong um está gordinho, a Venezuela, além do regime totalitário, o país sofre com pobreza e falta de materiais básicos nos supermercados, dentre outros exemplos.


Diante o exposto, fica evidente a mentira deslavada, o cinismo e a maldade que estão travestidas de boas intenções. Socialismo e liberdade? Isso não existe, pois uma coisa invalida a outra. 

Simples assim.



Referências:



JEAN-LOUIS PANNÉ, ANDRZEJ PACZKOWSKI, KAREL BARTOSEK, JEAN-LOUIS MARGOLIN (com a colaboração de Remi Kauffer, Pierre Rigoulot, Pascal Fontaine, Yves Santamaria e Sylvain Boulouque)._ - O Livro Negro do Comunismo - Crimes, Terror e Repressão –;tradução Caio Meira. - Rio de Janeiro, Bertrand Brasil, 1999;

Narloch, Leandro, 1978–Guia politicamente incorreto da América Latina /Leandro Narloch, Duda Teixeira. – São Paulo: Leya, 2011;

LAWRENCE, Carl. A Igreja na China. São Paulo: Vida, 1987;
Goldeberg, Jonah, 2009-Fascismo de esquerda; tradução de Maria Lúcia de Oliveira – Rio de Janeiro, Record;

Harden, Blaine. Fuga do campo 14-A dramática jornada de um prisioneiro da Coréia do Norte rumo à liberdade no ocidente, 2009-Tradução de Maria Luiza X de A. Borges - Rio de Janeiro,  Intrínseca;

Blog “Pesadelo cinhês”: http://pesadelochines.blogspot.com.br/

http://www.midiasemmascara.org/artigos/internacional/oriente-medio/13978-obama-x-israel.html

Vídeo: “O Extermínio dos Ucranianos pelos comunistas” - 
https://www.youtube.com/watch?v=4DH9Qntlq2U


http://www.psol50.org.br/site/noticias/3403/em-programa-de-tv-nesta-terca-psol-critica-politica-de-ajuste-fiscal-e-o-avanco-conservador

Continuar lendo...

domingo, 16 de agosto de 2015

O começo do fim do império do mal.

0 comentários

"O que me preocupa não é nem o grito dos corruptos, dos violentos, dos desonestos, dos sem caráter, dos sem ética... O que me preocupa é o silêncio dos bons." Martin Luther King



Domingo, dia 16 de agosto de 2015, uma data que ficará marcada na História do Brasil, pois nesse dia ocorreu mais um dos eventos que tem como a voz principal, uma reação explícita à iminente implantação de um sistema totalitário no Brasil. 

Pela metade da manhã, homens, mulheres, crianças e idosos começavam a lotar a praça aonde é situada a igreja matriz da cidade. O sol era radiante e o clima agradável. Faixas de diversas cores eram confeccionadas pelas pessoas ali presentes. Tinha inclusive um grupo estendendo uma faixa na avenida principal da cidade, e essa faixa continha os dizeres: “SE VOCÊ ESTÁ PUTO COM O PT, BUZINE!”, qual foi à reação dos motoristas? Um “zum, zum, zum” de buzinas que parecia não terminar.

Inclusive quem vos escreve teve a honra de participar de um ato simbólico, pisando em cima dos que promovem a destruição do país:

O PT em seu devido lugar, debaixo de nossos pés. E sim, esse são os meus pés.


Em todo o decorrer do evento, o assunto não era outro senão o triste rumo em que o Brasil está tomando. Esses rumos se resumem em o Brasil estar caminhando para um regime socialista, um regime de terror.

Economia destruída, uma massa de miseráveis alienados dependente de um Estado inchado por burocratas ladrões, a destruição dos pilares da civilização ocidental (cristianismo, a família, etc) através da inversão de valores, a corrupção desenfreada dentre outros mais, são ingredientes perfeitos para a implantação de um regime totalitário, conforme:


Vídeo: "8 ingredientes para cozinhar um regime totalitário"


Sair ás ruas para protestar contra isso é uma obrigação moral. A nossa reação contrária a esse governo pútrido que está no poder, tem de ser uma reação de vigor, de não conformismo, de não aceitação, pois eles são inimigos do país, não há outra definição! 

Dilma Roussef, de forma malandra, gosta de falar sobre ter diálogo (inclusive com terroristas do Estado Islâmico), porém, digamos a ela que diálogo se tem a partir do momento em que ele é viável, o que não é o caso. Não há diálogo com gente que não obstante de serem alinhados com os pútridos regimes e seus ditadores sanguinários como na Venezuela, Cuba, Coréia do Norte e tutti quanti, ainda querem implantar em nosso querido Brasil o mesmo modelo de regime dessas nações. A nossa liberdade é algo inegociável! 

Agora, voltando às manifestações, eu uma vez escrevi um artigo criticando alguns desses eventos pela falta de foco, porém, dessa vez é o contrário, foco é o que não faltou, e esse foi contra a corrupção e nesse caso ela é institucionalizada pelo PT. Contra aqueles que outrora usurparam a voz do povo, dizendo que eram os donos da luta contra corrupção, hoje se enforcam em suas próprias mentiras. E eles estão acuados, pois ainda que gradativamente, o povo brasileiro está acordando, e como diz o dito popular, a casa está caindo.


                            



Continuar lendo...

segunda-feira, 3 de agosto de 2015

Preso (novamente) ex-ministro do PT José Dirceu

3 comentários

"Com a corrupção morre o corpo, com a impiedade morre a alma."
(Santo Agostinho)




Foi preso hoje pela Polícia Federal o ex- ministro José Dirceu. Suspeito de praticar crimes como corrupção, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha, José Dirceu foi preso junto de seu irmão Luiz Eduardo de Oliveira e Silva e mais seis pessoas

Segundo informações que estão nos links desta matéria, José Dirceu recebeu entre 2006 e 2013, a quantia de R$ 29 milhões. Quantia supostamente paga a título de prestação de serviços de consultoria. Porém para os investigadores, os pagamentos eram oriundos de repasses ilícitos, e por isso configuram lavagem de dinheiro.

Além disso, Dirceu foi citado por Júlio Camargo (ex- executivo da Toyo Setal, empresa de implantação de empreendimentos industriais) por ter recebido dele (Júlio) R$ 4 milhões em espécie a pedido do ex-diretor da Petrobrás, Renato Duque.


Nota do blog:

“Se gritar pega ladrão, não fica um meu irmão,
Se gritar pega ladrão, não fica um.”

Assim dizia José Bezerra. Uma máxima que testifica a maçante maioria dos figurões que compõem o nosso Congresso Nacional. 
Eu particularmente me refiro a essa corja como demônios engravatados, ou, demônios do colarinho branco, que estão destruindo nossa nação aos poucos. São como pragas, que uma vez infestadas propagam o prejuízo, a destruição. E assim como as pragas, a melhor forma é eliminá-los. Não digo isso no sentido da violência, mas na restauração de nossa Justiça (que mesmo que aparelhada por essa quadrilha, ainda tem homens de verdade como o Juiz Sérgio Moro), com o fim da impunidade, com o fim da regalia a esses porcos.


Se gritar pega ladrão - Bezerra da Silva



Continuar lendo...

quinta-feira, 23 de abril de 2015

Continua a greve dos metalúrgicos na fabrica da Chery em Jacareí-SP

0 comentários

Fonte: G1/Vanguarda



Com audiência terminada sem acordo na quarta-feira dia 22, continua ainda, desde o dia 06/04/2015 a greve dos metalúrgicos na multinacional chinesa, a Chery. O caso foi para a Justiça.

Uma das principais reivindicações da categoria é que a empresa assine uma convenção coletiva, a fim de que os trabalhadores da Chery tenham as mesmas condições de outras montadoras, como por exemplo, a GM, cujo piso salarial dessa é de R$ 3.500,00, e o da CHery é R$ 1.199,00. 

A fim de que entrassem em acordo, inicialmente foi oferecido pela Chery aumento de R$ 1.400,00, e depois no Tribunal Regional do Trabalho, a empresa aumentou para R$ 1.735,55, com reajuste de 5% em setembro. E para demais cargos de produção, reajuste de 10%, acrescido de 5% no mês de setembro.

Com proposta de R$ 2.500,00, o sindicato da categoria recusou a proposta da montadora. E assim não há segundo o TRT uma previsão para o julgamento do impasse.

 Maiores informações:

http://g1.globo.com/sp/vale-do-paraiba-regiao/noticia/2015/04/trabalhadores-da-chery-em-jacarei-completam-uma-semana-em-greve.html

Continuar lendo...

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

Brava gente brasileira!

2 comentários

"A coragem é a primeira das qualidades humanas porque garante todas as outras."
Aristóteles



Ainda de forma pequena e muito sufocada, cada vez mais a voz do verdadeiro brasileiro tem sido representada.  O vídeo que está no fim desse texto mostra o excelente discurso de posse de Marcel van Hattem, eleito deputado estadual do Rio Grande do Sul. 

Em seu pronunciamento, o empossado  parlamentar falou sobre a nossa indignação em relação a essa política torpe que a cada vez mais vem deteriorando o Brasil em todos os aspectos.

Começou falando sobre o cenário político brasileiro de nossos dias, cenário de crise, perda de credibilidade dos partidos e dos políticos. Malgrado é claro, a questão da nefasta e esdrúxula amizade, admiração e simpatia que o ex -governador do Rio Grande do Sul Tarso Genro, Lula, Dilma e o PT nutrem com tudo que é porcaria, ditadores comunistas como Fidel Castro em Cuba, na Venezuela o falecido Hugo Chávez e agora Nicolás Maduro e também radicais islâmicos como Mahmoud Ahmadinejad e tutti quanti. 

Até que enfim vemos verdadeiros homens se levantando para falar a verdade! Já pararam pra pensar que nesse tempo de governo do PT o governo só se aliou com quem não presta? Já pararam para refletir sobre o paradoxo referente ao caso de Dilma Rousseff e a comissão da verdade e ao mesmo tempo serem amicíssimos de ditadores sanguinários como Fidel Castro, Mahmoud Ahmadinejad, Nicolás Maduro e Muammar al-Gaddafi (falecido)?

Já pararam para pensar que quanto mais o país se aproxima de ideais comunistas, esquerdistas, marxistas, mais nós afundamos em corrupção e miséria? 

Bom, voltando ao discurso de van Hattem, ele também falou sobre a redução do poder de compra e do salário do trabalhador e a alta dos preços. Quando ele falou sobre isso, não resisti e perguntei a mim mesmo: Cadê agora os puxa- sacos de plantão (leia-se petistas e afins) tagarelando que tudo vai bem e que nunca se pôde comprar tanto? E logo me sobreveio a resposta: Existem dois tipos dessa classe, os arrependidos que se escondem de vergonha perante tanta coisa que os desmentem e os cínicos, perversos, que continuam defendendo essa cachorrada, pois vivem dela de alguma forma. 

Impostos abusivos, as gestões públicas incompetentes, a corrupção generalizada, fatores esses que são por assim dizer filhos de um estado absurdamente inchado, foram questões que van Hattem enfatizou por excelência! A extinta União Soviética, Coréia do Norte, Cuba, Venezuela, Bolívia e companhia limitada, são provas de que um Estado inchado, economia falida.

Questões muito inconvenientes para quem nos governa, por exemplo, o fato de que nós cidadãos não temos segurança, não temos sequer o direito de termos armas para nos defender, enquanto bandidos podem transitar fortemente armados, grupos terroristas como o MST podem com aval do governo invadir a sua propriedade e você nada pode fazer. 

Enfim, assistam o vídeo, e em apenas sete minutos vocês verão um verdadeiro brasileiro, um homem de coragem! Um verdadeiro político no sentido real do ofício! 

Parabéns Marcel van Hattem! O Brasil precisa de políticos como Vossa Excelência!



            O belo discurso do deputado estadual Marcel van Hattem



Continuar lendo...

terça-feira, 13 de janeiro de 2015

Mais do mesmo, a incoerência da maioria dos “vem pra rua”, clamando por aquilo que é a causa do problema.

0 comentários

Fonte: Blog Bananal On Line


"Algumas pessoas acham que foco significa dizer sim para a coisa em que você irá se focar. Mas não é nada disso. Significa dizer não às centenas de outras boas idéias que existem. Você precisa selecionar cuidadosamente."
Steve Jobs


Há mais ou menos dois anos atrás, começara no Brasil a moda do “vem pra rua”, de um lado um povo indignado com seus governantes, tanto com a corrupção quanto a incompetência dos mesmos, e de outro lado oportunistas partidários descaradamente tentando levantar a bandeira de seus partidos.

E bem recentemente, navegando pela internet, encontrei no blog “Bananal On Line” a informação de que um movimento semelhante está sendo organizado em minha cidade. Uma passeata contra a gestão municipal atual.

O apelo é forte, Em preto e vermelho escrito “Passeata contra injustiça”, muito bem destacado nas cores amarelo, verde e azul estava o (óbvio) “vem pra rua”, esses dois junto a uma imagem de pessoas cobrando o governo municipal por suas promessas feitas e obrigações não cumpridas conclamavam a uma passeata contra o governo municipal vigente.

O lado bom disso é que ainda que infimamente, pelo menos aparentemente o povo começa a ficar menos alienado e mais politizado, começando a questionar. O grande erro que vejo nisso tudo é que têm se pedido mais e mais daquilo que na verdade é a causa do problema. 

A meu ver, os governos que o Brasil teve sempre tiveram em seu modus operandi o intervencionismo estatal, porém nos últimos anos esse intervencionismo tem sido cada vez  maior, afetando a economia, por assim dizer repelindo os investidores estrangeiros, marginalizando o empresariado, alta tributação, legislações, etc. Enfim, burocratas de plantão ditando regras e prejudicando cada vez mais o país.

Ora, se de um modo geral o problema está na má gestão pública, está na corrupção dos burocratas de plantão que compõem um Estado inchado, protestar contra esse sistema pedindo mais e mais dele, é como estar gripado e desejar tomar gelado.

Eu não sou contra manifestações por si somente, nem mesmo quero aqui duvidar das intenções desses movimentos, que geralmente são boas (exceto quando a motivação é partidária), mas digo com todas as letras que elas estão desfocadas, atirando em desespero para todos os lados sem ter um alvo.
É óbvio que o problema em questão é oriundo da inépcia, da má aplicação do dinheiro público e da corrupção, somente isso e nada mais. Ó quão idiotas e irresponsáveis são movimentos como o passe livre, pois acreditam que com um toque de mágica, recursos irão aparecer do nada e bancar a sua birrinha. Ou existe almoço grátis? Alguém terá que arcar com os custos, e de onde sairá isso? Mais impostos evidentemente.

O primeiro passo já foi dado, o povo começou a querer acordar, mas ainda não é tudo, é necessário despertar.  Temos que nos manifestar sim, exigir sim de nossos governantes, mas exigir corretamente. O mensalão, maior esquema de corrupção já visto no Brasil esteve aí, os condenados estão em casa e o povo nada fez. O decreto 8243, que transformaria a frágil democracia brasileira em um regime totalitário como na Venezuela está as portas, e o que temos feito? O petrolão está aí, corrupção na Petrobrás, a empresa está sendo destruída pelos ratos do Estado, e cadê as manifestações? Lembre-se que nós trabalhamos nada menos do que cinco meses para pagar impostos e assim sustentar esse sistema pútrido. A cidade de Bananal-SP, aonde ocorrerá o tal protesto, muitos são não só os casos de corrupção envolvendo o poder público como também os casos em que existem condenações. Isso sem contar muitas das vezes a conivência que ocorre no meio.  

E diante disso tudo, não é coerente irmos às ruas clamarmos por mais desse sistema corrupto, por mais do mesmo. Devemos ir as ruas é protestar contra a corrupção e por políticas que diminuam a pesada mão do governo, menos impostos, mais liberdade econômica e de mercado, debatermos a possibilidade de, por exemplo, a privatização de serviços públicos como educação e saúde, para que possamos sim pagar por algo de qualidade, e não sermos extorquidos por um governo e não recebermos nada em troca, afinal, nós somos bem crescidinhos para sabermos administrar o nosso suado dinheiro e que dar esse sagrado recurso na mão de burocratas ladrões e não ter nada em troca é no mínimo uma covardia.

Enfim, de certa forma, já começamos bem, agora falta é estarmos focados em um objetivo. E enquanto isso não ocorrer, tais manifestações não tem o meu apoio, não irei protestar contra o mal querendo mais dele.









Continuar lendo...