domingo, 16 de agosto de 2015

O começo do fim do império do mal.

0 comentários

"O que me preocupa não é nem o grito dos corruptos, dos violentos, dos desonestos, dos sem caráter, dos sem ética... O que me preocupa é o silêncio dos bons." Martin Luther King



Domingo, dia 16 de agosto de 2015, uma data que ficará marcada na História do Brasil, pois nesse dia ocorreu mais um dos eventos que tem como a voz principal, uma reação explícita à iminente implantação de um sistema totalitário no Brasil. 

Pela metade da manhã, homens, mulheres, crianças e idosos começavam a lotar a praça aonde é situada a igreja matriz da cidade. O sol era radiante e o clima agradável. Faixas de diversas cores eram confeccionadas pelas pessoas ali presentes. Tinha inclusive um grupo estendendo uma faixa na avenida principal da cidade, e essa faixa continha os dizeres: “SE VOCÊ ESTÁ PUTO COM O PT, BUZINE!”, qual foi à reação dos motoristas? Um “zum, zum, zum” de buzinas que parecia não terminar.

Inclusive quem vos escreve teve a honra de participar de um ato simbólico, pisando em cima dos que promovem a destruição do país:

O PT em seu devido lugar, debaixo de nossos pés. E sim, esse são os meus pés.


Em todo o decorrer do evento, o assunto não era outro senão o triste rumo em que o Brasil está tomando. Esses rumos se resumem em o Brasil estar caminhando para um regime socialista, um regime de terror.

Economia destruída, uma massa de miseráveis alienados dependente de um Estado inchado por burocratas ladrões, a destruição dos pilares da civilização ocidental (cristianismo, a família, etc) através da inversão de valores, a corrupção desenfreada dentre outros mais, são ingredientes perfeitos para a implantação de um regime totalitário, conforme:


Vídeo: "8 ingredientes para cozinhar um regime totalitário"


Sair ás ruas para protestar contra isso é uma obrigação moral. A nossa reação contrária a esse governo pútrido que está no poder, tem de ser uma reação de vigor, de não conformismo, de não aceitação, pois eles são inimigos do país, não há outra definição! 

Dilma Roussef, de forma malandra, gosta de falar sobre ter diálogo (inclusive com terroristas do Estado Islâmico), porém, digamos a ela que diálogo se tem a partir do momento em que ele é viável, o que não é o caso. Não há diálogo com gente que não obstante de serem alinhados com os pútridos regimes e seus ditadores sanguinários como na Venezuela, Cuba, Coréia do Norte e tutti quanti, ainda querem implantar em nosso querido Brasil o mesmo modelo de regime dessas nações. A nossa liberdade é algo inegociável! 

Agora, voltando às manifestações, eu uma vez escrevi um artigo criticando alguns desses eventos pela falta de foco, porém, dessa vez é o contrário, foco é o que não faltou, e esse foi contra a corrupção e nesse caso ela é institucionalizada pelo PT. Contra aqueles que outrora usurparam a voz do povo, dizendo que eram os donos da luta contra corrupção, hoje se enforcam em suas próprias mentiras. E eles estão acuados, pois ainda que gradativamente, o povo brasileiro está acordando, e como diz o dito popular, a casa está caindo.


                            



Continuar lendo...

segunda-feira, 3 de agosto de 2015

Preso (novamente) ex-ministro do PT José Dirceu

3 comentários

"Com a corrupção morre o corpo, com a impiedade morre a alma."
(Santo Agostinho)




Foi preso hoje pela Polícia Federal o ex- ministro José Dirceu. Suspeito de praticar crimes como corrupção, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha, José Dirceu foi preso junto de seu irmão Luiz Eduardo de Oliveira e Silva e mais seis pessoas

Segundo informações que estão nos links desta matéria, José Dirceu recebeu entre 2006 e 2013, a quantia de R$ 29 milhões. Quantia supostamente paga a título de prestação de serviços de consultoria. Porém para os investigadores, os pagamentos eram oriundos de repasses ilícitos, e por isso configuram lavagem de dinheiro.

Além disso, Dirceu foi citado por Júlio Camargo (ex- executivo da Toyo Setal, empresa de implantação de empreendimentos industriais) por ter recebido dele (Júlio) R$ 4 milhões em espécie a pedido do ex-diretor da Petrobrás, Renato Duque.


Nota do blog:

“Se gritar pega ladrão, não fica um meu irmão,
Se gritar pega ladrão, não fica um.”

Assim dizia José Bezerra. Uma máxima que testifica a maçante maioria dos figurões que compõem o nosso Congresso Nacional. 
Eu particularmente me refiro a essa corja como demônios engravatados, ou, demônios do colarinho branco, que estão destruindo nossa nação aos poucos. São como pragas, que uma vez infestadas propagam o prejuízo, a destruição. E assim como as pragas, a melhor forma é eliminá-los. Não digo isso no sentido da violência, mas na restauração de nossa Justiça (que mesmo que aparelhada por essa quadrilha, ainda tem homens de verdade como o Juiz Sérgio Moro), com o fim da impunidade, com o fim da regalia a esses porcos.


Se gritar pega ladrão - Bezerra da Silva



Continuar lendo...