terça-feira, 2 de agosto de 2016

O (falso) monopólio das virtudes e o raciocínio histérico

0 comentários

"Porque não há coisa oculta que não haja de manifestar-se, nem escondida que não haja de saber-se e vir à luz."

Lucas 8:17




Embora o vídeo não seja nem um pouco recente, ele é muito pertinente, pois são situações como essa que por assim dizer dão "tilt" na extrema esquerda.

E este vídeo comprova o efeito dessa máxima. Nele nós temos três personalidades:


- O saudoso Clodovil, um homossexual decente, que não era militante LGBT, não rezava a cartilha politicamente correta (inclusive era contra o casamento entre pessoas do mesmo sexo) e não fez de sua orientação sexual uma bandeira política;


- Dr.ª Havanir, médica, artista, etc, e nordestina de Sergipe;


- DR. Enéas Carneiro, além de médico (mestre em cardiologia), era licenciado em matemática, física e era escritor. Somado a isso, era nortista de Rio Branco no Acre;


Em suma, em uma conversa claramente de cunho conservador, nós vemos um homossexual, uma nordestina e um intelectual nortista. Três perfis de defensores dos pressupostos de esquerda? Como diz o linguajar internauta: “SQN” (Só Que Não). Todos os três não dependeram de esmolas do governo, mas sim em meio às dificuldades construíram as suas carreiras com esforço próprio e não eram militantes esquerdistas.

Novamente aconteceu o que literalmente trava o raciocínio esdrúxulo, histérico, hipócrita e automaticamente desonesto de idiotas como Jeânus Wyllys, Titica Anta Cruz, Comunista Feghali e companhia limitada.

Enfim, é melhor a galerinha do politicamente correto criar novas lorotas, pois essa do monopólio das virtudes já está manjada.

Continuar lendo...

sexta-feira, 15 de abril de 2016

Justificando os pseudo argumentos contra o impeachment de Dilma Roussef – Sempre mais do mesmo.

1 comentários

"O problema do mundo de hoje é que as pessoas inteligentes estão cheias de dúvidas, e as pessoas idiotas estão cheias de certezas..."
Bertrand Russell




Primeiramente boa noite.

Parafraseando, escrever é preciso, e retornando as atividades, hoje pela manhã, eu ao dar uma rápida passada pelo facebook, me deparei com um artigo jornalístico (site justificando.com, colunista Luiz Eduardo Soares) em um post que eu achei no mínimo digno de suspeitas, sobre a questão do processo de impeachment de Dilma Roussef.
Bom, enquanto me surgiam as idéias, me veio a mente um trecho de uma canção de Renato Russo, que vem a ser muito pertinente ao assunto:

“Em vez de luz tem tiroteio no fim do túnel

Ô, ô Sempre mais do mesmo
Não era isso que você queria ouvir?”

Bom, o artigo – de cujo site eu conheci hoje – expõe os motivos do autor do mesmo ser contra o impeachment de Dilma Roussef.
Ao ler o artigo, eu constatei que se tratava de mais do mesmo, a boa e velha retórica do “o PT não é o único partido corrupto”, como se o fato de que existirem mais partidos políticos corruptos fosse motivo de isenção ao PT, coisa bem a lá o que eu particularmente chamo de discurso histérico e verborrágico, embuste puro e simples.  

Sem mais delongas, vou ao centro da questão, vou elencar aqui motivo a motivo, elucidá-los e expor o meu contra ponto:

“...Aprovado o impeachment, no dia seguinte, a mídia vai clamar por uma trégua para que o novo presidente possa trabalhar em paz e para que a economia se reequilibre. ...”

Economia?

E não aprovado, o país continuará caminhando no recesso  econômico , descendo ladeira abaixo. O crescimento do PIB é algo de tamanho microscópico, e não obstante, a previsão de crescimento consegue ser pior do que o presente. Atualmente o Brasil tem um dos piores PIB’s mundiais;

Não aprovado o processo de impeachment, a economia não só não irá se reequilibrar, como irá afundar.



 “O ministro Gilmar Mendes, novo presidente do TSE vai empurrar com a barriga o processo contra a chapa Dilma-Temer, para não desestabilizar o novo governo. Dirá: “O Brasil não aguenta outra queda de presidente”. Editorialistas escreverão: “A economia não resistirá a uma nova perturbação da ordem. Deixem as eleições para 2018. Agora, todos devem dar uma trégua ao presidente Temer. Agora, vamos trabalhar para restabelecer a confiança e reerguer a economia”.”

Não aprovado o processo de impeachment, Luis Inácio Lula da Silva que:

... Segundo o livro “O Chefe” (livro do ex jornalista do PT, Ivo Patarra), Lula não só sabia como era o mandante do esquema do mensalão. Ao contrário de suas afirmações cínicas e absurdamente espúrias, de que ele não sabia do esquema do mensalão e depois que o mensalão não existiu (conforme vídeo);

...Não explica qual a fórmula mágica para o fenômeno Lulinha, no qual o seu filho Fábio Luís Lula da Silva (o lulinha) de limpador de esterco de zoológico se transforma em mega empresário. Ou seja, Lula não explica o fator Lulinha, um pequeno biólogo e funcionário de zoológico que passou a ser um gênio da informática e um milionário. Tudo isso em um verdadeiro passe de mágica; 

...Não explica a origem do “meu triplex, minha vida” e nem do sítio em Atibaia, os quais ele não só explica, mas como também teve de ser levado por assim dizer a força pela Polícia Federal para depor;

... Não explica o fato de seu outro filho, Luís Cláudio Lula da Silva ter recebido a quantia de R$ 227.138,85 da L.I.L.S Palestras, eventos e Publicações LTDA entre 2011 e 2013;

... Não explicar o recebimento do valor de R$ 2,4 milhões de reais desviados da Petrobrás para favorecimento financeiro a campanha de Lula em 2006.Quantia essa recebida por José de Fillippi Júnior, tesoureiro do projeto de reeleição de Lula.

Lula tem muito a explicar, e o impeachment não for aprovado, ele será ministro e assim terá foro privilegiado, obstrução da justiça.

Conforme enquadramento legal, obstrução da justiça:

“Opor-se diretamente e por fatos ao livre exercício do Poder Judiciário, ou obstar, por meios violentos, ao efeito dos seus atos, mandados ou sentenças.”
Inciso 5 do Artigo 6º da Lei 1.079/1950.


“...O ministro da Justiça será forte, fortíssimo, alguém com autoridade para segurar a polícia federal (e atenção, confio na integridade e independência da PF e do MP, mas sei quão poderosas podem ser as pressões e manipulações na contra-mão da vontade dos profissionais). Quem? Talvez um ex-ministro da Defesa e da Justiça, ex-presidente do Supremo. Este ministro forte agirá...”

O governo poderá ser mais forte do que é, e assim aumentará os passos da caminhada ao totalitarismo estatal através do aparelhamento da maquina pública e ad centralização econômica. A História nos mostra o quanto isso é perigoso.

Cortes de verbas para a polícia Federal, o PT pressionando o ministro da justiça e a Polícia Federal, é Dilma usando os correios para fazer campanha pública, artistas sendo financiados pelo governo, dinheiro público financiando artistas e blogs e manifestantes para apoiarem o governo, etc..

E a preocupação é com Gilmar Mendes? Quanto cinismo.

E não poderia faltar a retórica de botequim:

“...como se o PT fosse o único partido corrupto, como se Temer e o PMDB não fossem cúmplices do PT...”
Esse é um dos mais conhecidos, como se o fato de o PMDB, Temer, Cunha, Aécio, etc serem corruptos isentasse todo o lamaçal do PT.
Isso nem chega a ser um argumento, de tão infantil que é.


 “... O Brasil perderá a potência da lava-jato, esse fenômeno único e transformador em nossa história – independentemente de seus erros. ...”

“...Quem cairá será a chapa Dilma-Temer, porque esses recursos não elegeram somente Dilma, elegeram também Michel Temer....”
O PT não inventou a corrupção e muito menos a lava - jato.

A argumentação pressupõe que, com Temer na presidência, logo os acusados do PMDB ficarão ilesos. Então, logo, se Dilma não for derrotada, os acusados do PT também ficarão ilesos.

É o “argumento Star Wars”, o lado negro da força, Eduardo da Cunha e Dilma do lado da luz, como se o roubo de um anulasse o do outro. É um pseudo - argumento.

E outro ponto interessante é que o autor não diz o motivo da suposta perda da lava – jato.

E a retórica não para:

“... Além disso, o país será submetido a um arrocho sem precedentes. Quem pagará o preço, mais uma vez, serão os mais pobres...”
Não obstante de a saúde estar no CTI, à educação analfabeta e a segurança saqueada, a inflação está aí corroendo poder de compra do brasileiro e o salário mínimo não acompanha o valor do supermercado, Dilma mexeu no seguro desemprego e na aposentadoria, mexeu no FIES, empresas indo embora, desemprego, etc. 

Os pobres já estão pagando o preço e não há previsão de melhora.

Hoje nós vivemos o pleno retrocesso.











Continuar lendo...

sexta-feira, 23 de outubro de 2015

CDL Barra Mansa lança campanha contra a volta da CPMF

0 comentários



Eu recebi um email da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Barra Mansa, no qual contia link para informativo da instituição.
Nessa mesma mensagem, uma forte campanha contra a volta da CPMF. 
Como esse blog é um ferrenho defensor da luta contra essa safadeza, nós gostaríamos de apoiar a campanha.
Seguem abaixo o link da campanha, bem como o da CDL. Basta clicar em "assine aqui" e assinar o abaixo assinado contra a volta do imposto do cheque. 
Lembre-se que isso é um dever moral de todo brasileiro de verdade!


http://diganaoacpmf.com.br/

http://www.cdlbm.com.br/v1/images/revistaolojista/20151016172759.pdf
Continuar lendo...

segunda-feira, 12 de outubro de 2015

Escravizados pelo carro.

0 comentários

"A injustiça num lugar qualquer é uma ameaça à justiça em todo o lugar." Martin Luther King




Continuar lendo...

terça-feira, 6 de outubro de 2015

Volta Redonda (RJ) promove feira de integração social

0 comentários



De 07 a 09 de outubro a Prefeitura de Volta Redonda através da Secretaria de Ação Comunitária, e do Centro de Inclusão Produtiva estará realizando a feira de integração Social.

Com o propósito de divulgar os trabalhos de artesãos do município, a fim de que eles tenham a oportunidade de comercializar os seus produtos, o evento será realizado na Praça Sávio Gama das 08h às 17h.

Segundo Rosane Marques, diretora do Departamento de Proteção Básica da Secretaria de Ação Comunitária, o evento terá desde produtos alimentícios como bolos, tortas e salgados até artes em MDF, bordado tricô e peças íntimas.


Para maiores informações: 


http://www.portalvr.com/9-noticia-destaque/1486-smac-promove-feira-da-integracao-social-em-volta-redonda

24 3339-9570

     

Continuar lendo...

sábado, 3 de outubro de 2015

CPMF - A volta dos mortos vivos e o acinte à sociedade.

6 comentários

Fonte: Estadão.

"Nós temos um sistema que cobra cada vez mais impostos de quem trabalha e subsidia cada vez mais quem não trabalha." Milton Friedman (1912-2006)



Nada é tão ruim que não se possa piorar. Esse era o slogan de campanha política do então candidato a deputado federal (e hoje infelizmente reeleito) Tiririca.

Essa máxima não só é ingênua como é falsa, e consequentemente nociva. Principalmente quando se é dentro do contexto em questão.

Sim, ainda que pareça o fundo do poço, pode haver a piora.

Um tema que tem sido bastante falado atualmente é a intenção do governo federal em ressuscitar a CPMF. Para quem não sabe (ou não se lembra), a CPMF foi criada por Fernando Henrique Cardoso como um imposto provisório, tanto que o nome significa: Contribuição Provisória sobre Movimentações financeiras. 

Com o apoio político do PMDB, através de um acordo de interesses escusos e nefastos que só é interessante ao eixo do mal que predomina na atual política nacional, Dilma Rousseff  milita para que o antigo imposto seja ressuscitado através de benesses aos parasitas da base aliada, do PMDB.

Está com fome? Em alimentos, nós pagamos 17% de imposto no arroz e no feijão, 32% no açúcar, 26% no óleo de cozinha, 38% no fermento, 25% no fubá, 33% no iogurte.


Tens sede e quer beber algo? O imposto sobre a cervejinha que o brasileiro tanto gosta está em torno de 55,6% e em bebidas essenciais como a água mineral, 44,55%.
Quer entretenimento? O famoso Playstation 4, aqui no Brasil, 72% do valor do aparelho, é imposto.

O brasileiro trabalha em um ano, o período de 5 meses só para pagar impostos, só para manter impostos. 

Não obstante disso, eles querem mais impostos. Engraçado, não é o PT quem usurpou a bandeira da defesa dos mais pobres? Santa mentira!

É lamentável que nós paguemos pela má gestão e a corrupção desenfreada que assola o país.

Segundo a mentalidade de Dilma Roussef, a solução é agradar aos aliados e mandar à conta de sua gestão corrupta e incompetente nas costas do povo, afinal, a corda arrebenta para o lado mais fraco, não?

Por que ela não corta os grandes repasses às entidades inúteis e criminosas como o MST? Por que o envio de milhões a ditaduras como, por exemplo, Cuba, país ao qual enviamos milhões e o gigante gasto com estádios durante a copa do mundo enquanto brasileiros morrem em filas de hospitais?

Por que ela não diminui o número de ministérios (na maioria são inúteis, cabides de emprego)? Por que não cortarmos as regalias (que não são poucas) e acabarmos com os aumentos escandalosos de salários de políticos, enquanto o pai de família tem de se contentar com um salário mínimo? 
Enfim, é lamentável que um governo só veja a solução pela via política, agradando aos amiguinhos do reino e extorquindo nós, os súditos.

E finalizando esse desabafo, vocês sabem o porquê do título do texto? Trata-se simplesmente do governo que quer tirar do túmulo algo que para o povo não só deve estar como está morto, porém no coração deles (governantes), está mais vivo do que nunca!

Tudo para que o reino de da incompetência e da corrupção se perpetue, e nós não iremos pagar o pato!



Brasil: Ou você dá o seu dinheiro para o Estado ou morre




Rachel Sheherazade fala da volta da CPMF e aumento de impostos por decreto





Ratinho manda Dilma tomar ‘vergonha na cara’ ao falar sobre proposta de volta da CPMF.
                       


Continuar lendo...

São Paulo divulga calendário do IPVA 2016

0 comentários



Conforme o decreto nº 61, 520 de 29 de setembro de 2015 (publicado no Diário Oficial Estadual), já está disponível aos proprietários de veículos do Estado de São Paulo, o calendário para pagamento do IPVA referente ao ano de 2016.


Decreto publicado no Diário Oficial do Estado de São Paulo



Terão descontos de 3% (três por cento) os proprietários que pagarem o imposto integralmente, ou seja, em uma única parcela. Para isso, o pagamento deverá ser realizado até o dia 11 de janeiro de 2016.

Para a opção de pagamento parcelado (somente para, vans, ônibus, micro-ônibus, motos e similares), as parcelas deverão ser pagas nos meses de janeiro, fevereiro e março.

Lembrando que o pagamento do seguro DPVAT (seguro obrigatório) deve ser realizado de forma integral junto com a primeira parcela do IPVA ou juntamente com a cota única. 

Segue abaixo tabela do calendário:



Continuar lendo...